Jornal O Serigráfico

 Executivos da empresa realizam palestra no “Movelprint 2016”

 

Um grupo de executivos da AMPLA Impressoras Digitais, liderados pelo Diretor de Negócios Ricardo Augusto Lie, está realizando um programa de apresentação das inovações que a impressão digital a jato de tinta LED UV pode agregar aos produtos do setor moveleiro. A comitiva participou do “Movelprint 2016”, no último dia 28 e visitou empresas gaúchas nas cidades de Bento Gonçalves, Tupandi e região. Além de Ricardo Lie, participam do grupo da AMPLA os executivos Sidnei Marques (Diretor de Operações), Solivan Szupka (Marketing), Alexandre Nunes (Comercial) e Jorge Oliveira (Vendas).

O “Movelprint 2016” conta com palestras ministradas por diversos profissionais ligados ao setor e foi planejado a partir de necessidades observadas em projetos de consultoria prestada a diversas empresas da indústria moveleira realizada pela ProjetoPack & Associados, organizadora do Seminário. Durante sua palestra “Impressão digital na Indústria Moveleira: Benefícios e Oportunidades”, Ricardo Lie abordou os temas: “A tecnologia de impressão digital por jato de tinta”; “Estágio atual de desenvolvimento tecnológico”; Principais características técnicas”; “Pontos fortes e pontos fracos”; “Aplicações na indústria moveleira”; e “Perspectivas para desenvolvimentos e aplicações futuras”. A AMPLA é também uma das patrocinadoras do evento.

“Nosso objetivo é criar um momento de integração com fabricantes do setor moveleiro para mostrar que a impressão digital a jato de tinta já é uma realidade para aplicação na indústria e que sua utilização comercial pode gerar um importante valor agregado para as empresas. Por outro lado, é importante entender que o digital possui limitações para aplicação na indústria moveleira e não está pronto para todas as empresas, assim como nem todas as empresas estão prontas para o digital”, declara Ricardo Lie. Em geral, as empresas que estão prontas para o digital são as de posicionamento de pioneirismo e inovação, pelas múltiplas possibilidades de personalização que proporciona, quando comparado com o sistema analógico. “Vamos demonstrar para os empresários do setor que não é necessário realizar uma ‘revolução’ na produção para a utilização da impressão digital jato de tinta na indústria moveleira”, resume o dirigente da AMPLA.

 

Fonte: Ampla

Comente: