0 Comments

*Acrílico transparente, branco e colorido:
Usar impressão legível.
Na impressão legível, utilizar tinta brilhante.

*Acrílico transparente:
Usar impressão ilegível, pela parte traseira. Neste tipo de impressão, às vezes se faz necessário aplicar um fundo branco a fim de destacar o desenho.
Na impressão ilegível, usar tinta fosca, porém, devido a esta ter secagem muito rápida, caso isso ocorra, deve-se utilizar solvente retardador.

Dicas gerais
– Ao imprimir em régua de acrílico, usar tecido de poliéster, para não haver distorção na medida da régua.
– Esticar a tela no esticador pneumático ou mecânico fixando com cola e grampo no caso de quadro de madeira, para que o poliéster não se solte com e tempo.
– Para que desenhos que necessitam precisão não sofram alteração de medidas, é necessário deixar a tela pelo menos 1 dia descansando para que o poliéster se acomode, pois haverá um encolhimento.
– Os impressores que não possuírem equipamento com vácuo deverão passar cola permanente ou fita dupla face para segurar o material na mesa de impressão.
– A tinta mais utilizada na impressão em acrílico é a vinílica, mas aconselha-se fazer um teste antes de colocar em produção, pois existem diversos tipos de acrílico no mercado. Um dos testes essenciais é o de fixação da tinta no acrílico.
– Só recolher os acrílicos quando estiverem totalmente secos, siga sempre a orientação do fabricante da tinta.
– Cores especiais, da escala Pantone, misturar entre as cores que o fabricante oferece no catálogo ou peça orientação a um técnico especializado. Algumas empresas já entregam na cor do Pantone, porém oferecem um prazo diferenciado e solicitam uma quantidade mínima.
– Se tiver algum acrílico curvado, fazer matrizes especiais, curvadas, com cantoneira.
– Sempre faça uma peça-piloto para apresentar ao cliente, a fim de obter aprovação, e apenas após aprovado colocar em produção. Este procedimento evitará o risco de perder material por ter feito algo errado.

Hajime Otsuka
hajimeotsuka@yahoo.com.br

Tire suas duvidas aqui