Jornal O Serigráfico

A Maná surgiu há quarenta anos, com o objetivo de suprir a necessidade do mercado brasileiro na aquisição de aparelhos para soldar termoplásticos. Com o desenvolvimento de atitudes contínuas no processo de qualidade de suas máquinas, trouxe soluções mais elaboradas a cada dia.
Em meio a sua trajetória, segue
se aperfeiçoando e desenvolvendo máquinas com inúmeras utilidades. Hoje, a empresa é procurada para todos os processos onde é necessária a indução de ar quente. “A Maná percebeu, junto aos clientes, que muitas vezes eles precisavam de aquecimento em projetos diversos, porém não sabiam como agir, visto que o fogo é proibido dentro das empresas. Dentro disso, a Maná desenvolveu vários modelos de sopradores de ar quente com tecnologia e design próprio que atendesse com exclusividade a estes clientes”, comenta Marcya Santos , gerente da empresa.
Fornecendo máquinas de alta durabilidade para uso profissional, estas podem ser utilizadas tanto no comércio quanto nas indústrias, para soldagens e retrações de termoplásticos, tais como PVC/PP/PE, entre outros, além de secagem e aquecimento em geral.
Seus profissionais são especializados para atender toda necessidade do cliente, desde a venda até a assistência técnica.
Oferecem garantia de um ano contra defeitos de fabricação e assistência técnica permanente, assegurando rapidez no atendimento por dispor de peças em estoque para manutenção e reposição.
Com máquinas fáceis de manusear acompanhadas de manual de instrução, a Maná oferece ainda um treinamento caso haja necessidade.
Atendendo cerca de 45 ramos de atividade, entre eles a serigrafia e a comunicação visual, a empresa trabalha com máquinas 100% nacionais.
Dentre as máquinas que fabricam, podemos citar: sopradores de ar quente, soldadores manuais e soldadores automáticos.
Confira abaixo alguns modelos:
*A Máquina Vplast 3300 solda lonas de comunicação visual e todos os tipos de lonas de PVC para toldos,
e implementos rodoviários, entre outros.
*O soprador de ar quente modelo 02 fornece aquecimento a toda indústria que necessita de calor para retração de embalagem, pintura, secagem e outros.
*O soprador de ar quente modelo 03 solda lonas em pequenos tamanhos e reparos.
Já na sua indústria de acessórios para reposição, a Maná fabrica resistências de aquecimento, bocais para toda linha, bocais espargidores e rodos de silicone.
Fornece ainda serviços de recuperação e nacionalização de resistências e placas eletrônicas controladoras de temperatura, bem como serviços de desenvolvimento de circuitos eletrônicos.
A Maná promete novidades e já está em negociação para ingressar em uma feira do segmento no ano que vem. ”Temos novo projetos que ficarão prontos para final de 2018 e já estamos em contato e negociando participação na Serigrafia Sign Future Textil 2018.”, finaliza Marcya Santos.

www.sopradordearquente.com.br

Mara de Paula Giacomeli
Jornalista e editora do jornal O Serigráfico
mara@oserigrafico.com

Comente: