Jornal O Serigráfico

Não percam! Cenas eletrizantes nos próximos capítulos da novela “Brasil, um jogo pra lá de sujo”, onde tudo pode acontecer. Do imponderável ao ilógico e assim sucessivamente… O jogo sujo continua e nem sequer imaginamos qual será o final, se é que terá um. No início imaginávamos alguns capítulos rápidos e um final feliz, mas como sempre, os protagonistas dessa novela conseguiram nos iludir.
E continuam… A cada capítulo vamos percebendo que os bandidos estão levando vantagens sobre os mocinhos que lutam exaustivamente em busca da justiça, a qual diziam que era cega, mas tem se mostrado muda e surda também. Non sense total… e tome delação, gravação, traição, votação, prisão, decisão, acordão, milhão, bilhão, indecisão, recessão, inflação, apreensão, licitação, negociação, propinão, suspeição, dane-se o povão e nada de punição. Essa novela não tem prazo para chegar ao último capítulo. Mas pelo menos é uma novela didática. Nunca antes nesse país aprendemos tantas palavras novas. Aprendemos que Lula é um molusco cefalópode, mas não é besta não, conseguiu afundar o Brasil Dilma vez e diz que não tem nada a Temer… e nessa esteira esdrúxula mais e mais protagonistas surgem, cada qual com uma característica em comum aos seus pares… frequentam o lado negro da força.
Novela sem fim essa. A cada capítulo o mar de lama aumenta e seus protagonistas se afundam mais e mais em suas próprias mentiras. Triste novela que traduz a realidade triste e degradante pela qual passa os seus telespectadores. Triste novela que nos envergonha e enoja. Capítulo a capítulo, “Brasil, um jogo pra lá de sujo” é uma novela reveladora que nos traz a certeza que, a não ser que tomemos juntos uma atitude muito séria, estaremos roubados para todo o sempre.

Sinval Lima

Comente: