Jornal O Serigráfico

CONTABILIDADE

A maioria dos empresários pensa que a contabilidade é apenas mais uma obrigação da empresa perante o fisco. Se a empresa é uma ME ou EPP ou Lucro Presumido não recebe o Balancete Mensal ou mesmo anual, pois não existe esta obrigação legal e, consequentemente o Contador ou empresa terceirizada não o faz porque, também, não cobra os seus honorários para realizar este serviço a mais.
Consequentemente, são muito poucas as empresas que respondem às seguintes perguntas, já fazendo uma checagem:
1 – O meu lucro líquido no mês passado foi de: R$ 2.543,59
2 – O Lucro acumulado do ano é de R$ 54.567,90
3 – As minhas despesas operacionais representam 15,41% do faturamento bruto.
4 – O custo de produtos / mercadorias / serviços vendidos representa 51% do lucro líquido.
5 – Os custos com mão de obra e encargos representam 6% do custo total.
6 – Como a minha contabilidade é gerencial eu tenho, mensalmente, um relatório administrativo financeiro que me dá os 10 principais índices para avaliação da empresa.
7 – A minha contabilidade gerencial me fornece mais de 10 relatórios mensais que me possibilitam utilizá-la como ferramenta na gestão empresarial que realizo na empresa.
8 – Forneço à minha contabilidade, mensalmente, a posição completa do meu estoque, seja de matéria prima, produtos semi acabados e acabados (ou mercadorias);
9 – Todos os setores (fiscal – tributário – recursos humanos – financeiro) transmitem, via software ou planilhas eletrônicas, todos os dados necessários para que a contabilidade possa realizar um excelente trabalho;
10 – A contabilidade, após todos os registros, tem perfeitas condições de fazer todas as conciliações e conferências de dados com todos os departamentos, verificando se existe alguma irregularidade.
11 – Toda a contabilidade é realizada de acordo com todas as normas e legislações vigentes;
12 – O meu contador se reúne mensalmente comigo apresentando todos os relatórios, gráficos e demonstrativos contábeis para que eu faça uma gestão empresarial completa ou a nossa empresa tem um Consultor que, além de acompanhar todas as responsabilidades do Contador, também prepara um relatório gerencial de todo o movimento da empresa, transforma em gráficos exclusivos e nos apresenta uma vez por mês, já pré-analisando todos os principais fatores para que as providências, caso necessário, sejam imediatas.
13 – A contabilidade tem controles auxiliares que dão todo o suporte para controle do imobilizado, registrando mensalmente todas as depreciações, para que também façam parte do preço de venda de produtos, mercadorias ou serviços;
14 – Os custos, informados pelos departamentos, são devidamente registrados na contabilidade, incluindo-se aqui o 13º salário, férias e encargos incidentes.
15 – A contabilidade tem como obrigação legal registrar tudo em livros próprios como o Livro Razão e o Livro Diário sendo que os mesmos devem ser registrados na Junta Comercial e recebemos os mesmos, anualmente, em nossa empresa e os mantemos em local adequado.
16 – Todos os tributos informados pelos departamentos correspondentes e os apurados contabilmente são devidamente controlados e fazem parte de um relatório completo atualizado mensalmente.
Mesmo que a sua contabilidade seja terceirizada ela deve observar todos os fatores e informações acima mencionadas para que possa ser realmente gerencial e auxiliar o empresário em sua gestão. Se a sua empresa não tem algum dos itens apresentados acima, está na hora de repensar a respeito do assunto.

*Wilson Giglio
Organizador de Empresas e de Pessoas, Consultor em Gestão Empresarial, Especialista em empresas de Comunicação Visual, Cursos EAD exclusivos:
www.parceirodosempresarios.com.br

Comente: