Matéria de Capa

Router

0

 

Efeitos especiais pra projetos personalizados

 

Assim como eu, muitos de vocês já devem ter se perguntado o que é uma Router, que tanto se ouve falar no mercado… Pois bem! Realizamos uma pesquisa sobre o assunto e chegamos à definição de que Router é um equipamento destinado a usinagem, gravação, recorte, rebaixos, furações e entalhes de diversos materiais através de fresas (ferramenta de corte).

Este tipo de equipamento funciona a partir de um comando numérico computadorizado, por isso, são também conhecidos como máquinas CNC. Seus projetos partem de um Software CAD (usados para desenhos) e, após a criação do projeto no CAD, usa-se um software CAM, onde criamos a estratégia do trabalho, independente do tipo de trabalho que será realizado. O Software CAM vai gerar o Comando Numérico Computadorizado que enviaremos para a máquina realizar o trabalho.

As pesquisas para o desenvolvimento do CNC iniciaram-se durante a Segunda Guerra Mundial. A necessidade de produzir grandes lotes de peças com precisão para fabricação de aviões de guerra uniram esforços de duas entidades: Instituto de Tecnologia de Massachussetts (MIT), e a U.S. Air Force (Força Aérea dos Estados Unidos). Porém, somente em 1949 surgiu a primeira máquina equipada com comando numérico e, em 1953 ocorreu sua demonstração prática. No início da década de 1960 essas máquinas começaram a se modernizar, e os padrões EIA 244 e ASC II já eram utilizados como sistemas de introdução de dados. Com o surgimento dos circuitos integrados, essas máquinas puderam ficar ainda mais compactas e versáteis. Em 1977, os comandos numéricos foram equipados com processadores e passaram a ser combinados comandos numéricos computadorizados (CNC).

Com a busca pela de redução de custos e tempos de produção, aumento de confiabilidade e qualidade, surgiu a importância da utilização das máquinas com comando numérico computadorizado.  Estas máquinas permitem a fabricação de peças de elevada complexidade, precisão e acabamento. Com a evolução e barateamento dos sistemas digitais tornou-se acessível esta tecnologia nos dias de hoje.  Este trabalho tem por objetivo o desenvolvimento de uma fresadora CNC de arquitetura aberta, o qual utiliza um computador pessoal para o seu comando. Para tal, são aplicados alguns princípios de projeto para engenharia de precisão, no sentido de alcançar um melhor desempenho do sistema projetado, permitindo maiores resoluções e repetibilidade de posicionamento.

Entre os materiais que podem ser trabalhados, estão: acrílico, MDF, PVC, policarbonato, poliuretano, resinas, madeira, alumínio, cobre, latão, fibra de vidro e carbono, chapa galvanizada, chapa de aço inox, etc. É importante salientar que para cada tipo de material usa-se um tipo de ferramenta (fresa) específica, com estratégias diferentes para cada um destes materiais.

Devido à versatilidade de materiais trabalhados e aos efeitos especiais que podem ser obtidos, as Routers passaram a ter um papel fundamental na área de comunicação visual, especialmente para o desenvolvimento de projetos personalizados. Com esse equipamento é possível cortar materiais em qualquer formato desejado, além de alto e baixo relevo, promovendo o efeito de escultura (ou 3D). Além disso, Routers são também bastante usadas nos mercados de marcenarias, artesanatos, moldes para vacum forming, maquetes e peças técnicas, display, cenografia, ferramentaria, automação industrial, setor moveleiro, etc.

Routers são também bastante versáteis no que diz respeito ao tamanho dos substratos. O tamanho máximo que a máquina trabalha vai depender de suas dimensões; existem equipamentos com o mais variados tamanhos. Quanto ao tamanho mínimo, o limitador neste caso será a fresa, por exemplo, se estiver usando uma fresa de 3mm, o menor valor que a máquina vai trabalhar é 3mm, cabe ao operador entender o funcionamento e as limitações do equipamento. Existem no mercado diversos tipos e tamanhos de fresas.

Por ser um equipamento bastante preciso, por muitas vezes as peças saem já prontas, sem necessidade de acabamento, porém alguns materiais exigem processos complementares, como polimento, por exemplo. Os processos que podem complementar este equipamento vão variar conforme o segmento; de qualquer forma este outro processo se aplicará mais especificamente para o acabamento final das peças. Um equipamento que pode completar em parte a Router, é a máquina de corte Laser, porém, este equipamento será útil especificamente para corte, não promovendo o efeito tridimensional, como acontece com a Router.

Existem diversos fabricantes e distribuidores de Routers no mercado, com uma ampla linha de equipamentos de pequeno, médio e grande porte, atendendo à necessidade de cada cliente especificamente.

 

 

 

Agradecimentos: Engraver (www.engraver.com.br), Acrilgil (www.acrilgil.com.br)

Fontes:  atec.org/v02/component/option,com_docman/task…/Itemid,26/

www.demec.ufmg.br/Grupos/Usinagem/Fresadora.html

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sonhe. Planeje. Faça!

Anterior

Produscreen e Best Sign firmam parceria comercial

PRÓXIMO

Você pode gostar

Matéria de Capa

Sistema Tagless

Cresce o uso da tampografia substituindo etiquetas na indústria têxtil Apresentando potencial para gerar resultados satisfatórios com custo baixo e rapidez na produção, ...
Matéria de Capa

Tintas de cura UV

O mercado mundial tem substituído a cura convencional por cura UV Gênesis Tintas Marabu Tintas Preocupação com o meio ambiente se tornou tendência ...

Comentários

Comments are closed.