Editorial

Sobre o vento contrário

0
wind
Por Patricia Sousa
patricia@webapp244934.ip-192-46-218-58.cloudezapp.io

A gente sempre acha que o sucesso só vem quando o vento está soprando a nosso favor, certo? Mais ou menos… O vento a favor nos ajuda, sim, nos leva mais adiante, mas também nos deixa acomodados em uma situação que nem sempre vai ser assim tão boa.
Mas e quando o vento sopra ao contrário, o mar fica revolto e a correnteza tenta te levar pra outro lado? E agora, José? É nesses momentos de maior instabilidade e insegurança que surgem as mais brilhantes ideias de como fazer funcionar algo que até então ninguém havia pensado.
Prosperar com o vento a favor é muito fácil, você apenas estará sendo levado por ele. Confúcio dizia que “não importa o quão rápido você anda, mas a força de vontade para nunca parar”. Não só quando você anda, mas quando rema, nada, voa… Nada é mais importante do que nunca parar. “A confiança não vem do ato de estar sempre certo, mas de não ter medo de estar errado”, disse Peter T. McIntire. E é justamente nesses momentos de maior instabilidade – econômica, política, social, profissional – que cada um de nós encontra a coragem necessária para tentar novos caminhos.
Se você faz parte dessa grande parcela de brasileiros que está apreensivo, ansioso e inseguro quanto ao futuro de nossa economia, pense mais uma vez, analise bem a situação e veja que esta não é a hora de parar e sim de investir, tentar novos caminhos, colocar sua criatividade em prática e toda a sua capacidade produtiva. Pois como disse Henry Ford, “quando tudo parecer estar contra você, lembre-se que o avião decola contra o vento, não com a ajuda dele”.

Patricia Sousa é Jornalista e Editora do Jornal O Serigráfico

Sua empresa está, realmente, em ordem? Parte 2

Anterior

Mimaki lança CFL-605RT

PRÓXIMO

Você pode gostar

Editorial

Enfim chegamos ao final de 2018!

Superamos as adversidades, pulamos dificuldades e lutamos contra as idas e vindas políticas! Vencemos mais uma, estamos sim calejados de tantas incertezas em ...

Comentários

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais em Editorial